The Class of ‘81: o esquadrão de 14 homens

aston
Os líderes da conquista dos Villans.

Depois de 71 anos, o Aston Villa conquistava a 1ª divisão inglesa pela sétima vez. Mas quem imaginaria que 14 jogadores levariam os Villans ao título da primeirona? Pois é, esse feito é lembrado por muitos até hoje. Para conquistar um título em um campeonato de pontos corridos, é necessário ter um bom elenco e muito dinheiro, mas o Villa de 81 fez isso com apenas uma contratação e 13 jogadores.

aston 81
Os 14 jogadores e o treinador Ron Saunders.

Em Agosto de 1980, os torcedores do Aston Villa estavam sem esperanças com o elenco para temporada, Manchester United, Arsenal e Liverpool eram os candidatos ao título da primeira divisão. Na imprensa local, as críticas pela venda de Andy Gray, herói e talismã do time, ainda ecoavam no Villa Park. A “falta de ambição” e “sem esperanças” eram as palavras mais ditas pela mídia e também pelos torcedores.

Ron-Saunders-Aston-Villa-FC-Manager-January-1975v.jpg
Ron Saunders o treinador que desafiou o impossível.

Apenas o técnico Ron Saunders viu algo naquele time, e admitiu que não eram grandes jogadores, mas que poderia tirar o máximo de  cada um. Ele acreditava neles e demonstrava isso no vestiário antes das partidas. Uma notícia abalou todos no Villa Park antes do início da temporada, Brian Little teve uma lesão grave no joelho, e aos 26 anos, se aposentou. Vivia o melhor momento da carreira, junto com Andy Gray, levaram o Aston Villa de volta à primeira divisão. Gary Shaw ganhou uma chance no time, mas era muito contestado pelos torcedores. Com o recém-chegado Peter Withe, campeão com o Forest em 1978, o jovem Shaw deu a volta por cima e se tornou um dos principais jogadores do Villa naquela temporada.

1980-Gary-Shaw-thunders-in-a-goal.jpg
Gary Shaw um dos grandes ídolos da década de 80, marcou 20 gols em 1980-81.

Com as eliminações precoces nas copas, o foco do time ficou somente na liga. O bom início, apesar das derrotas para Ipswich e Everton, o Villa se manteve no topo, mas os torcedores e jornalistas não colocavam o time como candidato ao título. Saunders usou isso como motivação para os desacreditados. Dos 14 jogadores, apenas Des Bremmer, Gordon Cowans, Ken McNaught, Tony Morley, Dennis Mortimer, Jimmy Rimmer e Kenny Swain jogaram todas as 42 partidas do time na liga. Gary Shaw (40), Allan Evans (39), Peter Withe (36), Gary Williams (22), Colin Gibson (21) foram os jogadores que revezavam com os sete titulares absolutos. Eamonn Deacy e David Geddis jogaram nove partidas cada. Saunders sabia do risco de lesões, mas mesmo assim, escalava os seus melhores jogadores.

Em Janeiro de 1981, os torcedores do Villa começaram a acreditar naquele time guerreiro, depois da vitória sobre o Liverpool. Foram seis vitórias seguidas até o empate em 3-3 com o Manchester United no Villa Park. A corrida pelo título ficou entre Villa e Ipswich. O carrasco do time venceu os três jogos na temporada. Uma pela Copa da Inglaterra e duas pela liga.

dupla aston.jpg
A dupla de sucesso que ainda conquistaria a UEFA Champions League.

O jovem Gary Shaw e o experiente Peter Withe fizeram 41 dos 77 gols do Villa naquela temporada. Quem diria que a precoce aposentadoria do Brian Little, daria uma chance a um garoto de 18 anos de fazer história pelo clube que o revelou. Saunders disse no início da temporada, que a experiência de Withe ajudaria muito a jovem promessa do Villa.

Apesar da derrota para o Ipswich faltando quatro rodadas para o final da temporada, o Villa não decepcionou os torcedores e venceram Forest e Middlesbrough em casa e empatou com Stoke fora, jogando a pressão para o Ipswich que não conseguiu venceu seus últimos dois jogos. Mesmo com a derrota na última rodada para o Arsenal, o Villa conquistava o título da primeira divisão depois de 71 anos de espera.

Crowd-on-pitch.jpg
Com a presença do Rei Pelé, no Highbury a torcida do Villa fez a festa.

Um título importante para o clube de West Midlands, que é mais valorizado por ter sido conquistado com um elenco de 14 jogadores. Na temporada seguinte, apesar da campanha razoável na primeira divisão e da saída de Saunders no meio da temporada, o Villa conquistaria a Europa, depois de vencer o poderoso Bayern por 1-0 na final em Rotterdam.

Campanha do Aston Villa:

Confira o jogo carimbou o título do Aston Villa:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s